Sustainable Development

“Acho que hoje o mercado, os consumidores, não querem apenas comprar uma coisa, um objeto. Eles querem comprar um valor, um valor que seja intangível.  Que naquela blusa, naquele sapato, ele possa identificar mais que um objeto. Isso tem embutido um valor social porque paga pessoas de forma correta, oferece um salário, uma oportunidade de…

Direitos Humanos

“Nunca delegação alguma tinha apresentado uma resolução como esta, portanto é um marco na história dos debates da Comissão de Direitos Humanos.” Por Maya Plentz Fagundes Maya Plentz interviewed Ministro Conselheiro da Missão do Brasil em Genebra, Frederico Duque Estrada Meyer, for UN Radio’s daily broadcast and weekly podcast UN in Action. *Interviews produced, edited, and transcribed by…

Tráfico Ilícito de Armas

“O Brasil é mais preocupado, internamente, com a questão da segurança pública que é um problema sério que nós temos – mas é claro que nós somos sensíveis também a outros aspectos da questão, inclusive repercussões no campo da sáude, muitas vezes essas armas são instrumentos de suicídio, de conflito interno dos países e até…

A Life at the UN: Sergio Vieira de Mello

“We wanted to publish excerpts of his speeches because they must not be forgotten. Specially speeches about racism, about the functioning of the United Nations, about the Human Rights Commission.” Ms. Plentz Fagundes interviews Secretary General of Reporters Without Borders, George Gordon-Lennox, on his book about the late UN High Commissioner for Human Rights, Sergio Vieira…

Entrevista: Embaixador Rubens Ricupero

“Não podemos esquecer que foi o presidente Roosevelt, e uma grande geração de estadistas, diplomatas e políticos – que acompanhavam o presidente Roosevelt – que criaram a ONU. By Maya Plentz Fagundes UNITED NATIONS, Nova York, 27 de Março de 2003 – Com a interrupção dos trabalhos da Comissão de Inspeção, Verificação e Monitoramento de Armas da…

ONU: Direitos da Mulher

“Eu disse já em vários discursos, em várias declarações, que os direitos da mulher não são um capítulo na agenda dos direitos humanos, eles são um tema central. Porque? Em primeiro lugar porque a mulher representa mais de cinquenta por cento da população mundial. Mas em segundo lugar também porque, via de regra, esses direitos…